Alunos ocupam campi UFSB contra a PEC 241

Alunos da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), dos campus de Itabuna, Teixeira de Freitas e Porto Seguro, após assembleia que aconteceu na última quarta feira 26, decidiram ocupar as instalações da Universidade em protesto contra a PEC 241/206 que pretende congelar os investimentos na saúde e educação pelos próximos 20 anos.

Servidores técnicos administrativos da UFSB também aprovaram em assembleia a participação na greve contra a PEC 241. Os professores da instituição também decidiram em assembleia, que ocorreu dia 27, aderir a greve seguindo a pauta nacional. Alguns serviços da Universidade que são essenciais funcionarão normalmente, como é o caso do pessoal que trabalham no setor de pagamentos e convênios.

O movimento grevista nacional conta com adesão de estudantes e servidores públicos, em especial das instituições públicas de ensino que se mobilizam na tentativa de barrar a PEC 241. A professora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Itabuna, janaína Lousada, apoia o movimento dos estudantes e técnicos e considera que é importante avaliar a situação e lutar pela conquista dos direitos conquistados nos últimos anos, inclusive do processo de expansão da universidade pública Federal no Brasil, sendo a UFSB fruto deste processo.

Lousada também considera que a PEC 241 para as Universidades vai acarretar atrasos e inviabilizações bastante significativos, sobretudo na possibilidade de expandir as vagas dos cursos para o segundo e terceiro ciclos. Lousada conta que a própria Reitoria da UFSB lançou um comunicado oficial, divulgado no site da universidade e nas redes sociais, se posicionando contra a PEC 241. Justamente tendo em vista que não só pode inviabilizar a expansão de novos cursos como também inviabilizar a abertura de novas vagas para os colégios universitários. Como era o plano inicial da UFSB. Como gestora, Lousada demonstra preocupação de como lidarão com o alunado no sentido de que os cortes frustrarão a expectativa em relação ao compromisso da UFSB, que era um compromisso ousado e previa investimentos vultosos, inclusive em tecnologia, com os colégios universitários, ficando então essa meta de inserção nos municípios bastante atingida com os cortes de gastos que a PEC tenta impor.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s