DSEI-BA demite Aluisio Vieira e Conselho se reúne para discutir situação

1795189_263590090472788_441040035_o
Foto: reprodução Facebook

Foi realizada na manhã dessa terça feira, na sede da CEPLAC na cidade de Pau Brasil, reunião com os membros do Conselho Local de saúde Indígena (CLSI) para discutir a permanência de Aluisio Costa Vieira no quadro de funcionários do polo base de Pau Brasil.

Foi realizada na manhã dessa terça feira, na sede da CEPLAC na cidade de Pau Brasil, reunião com os membros do Conselho Local de saúde Indígena (CLSI) para discutir a permanência de Aluisio Costa Vieira no quadro de funcionários do polo base de Pau Brasil. Vieira foi nomeado Coordenador administrativo do polo base durante a gestão de Jerry Matalawê em 2013. Com a mudança na coordenação da DSEI-BA que hoje está nas mãos de Mônica Marapara, Vieira foi exonerado do cargo.
img_20160920_100005930A presidente do Conselho Local Zenolia Melo, juntamente com outros conselheiros que encontravam-se presentes na reunião, acha que a decisão da Coordenadora da DSEI-BA Sra. Mônica foi desrespeitosa pois não houve consulta previa aos conselheiros nem as lideranças e caciques indígenas a respeito do caso. O conselho local quer saber qual o motivo de ter demitido Aluisio do cargo de Técnico de Enfermagem.
De acordo com Aluisio Vieira, no dia 13 desse mês o Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP), contratante, teria lhe enviado aviso prévio informando que este a partir do dia 20 de outubro não mais responderia ao cargo de coordenador administrativo do polo base de Pau Brasil. Um dia depois Vieira recebeu aviso de demissão do cargo de técnico de enfermagem. Hoje Vieira recebeu outro comunicado onde o contratante adiantando a data da demissão para o dia de hoje, 20 de setembro. Vieira admite que o cargo de Coordenador Administrativo é cargo de confiança e está sujeito a substituição em mudança de Gestão, o que o mesmo questiona é o porque de sua demissão da função de técnico de enfermagem.

img_20160920_100025681“Até o momento não fui notificado pela empresa explicando o porque fui demitido, por essa razão não quis assinar o aviso prévio, não posso assinar uma documento sem saber o motivo de meu afastamento.”
Estavam presentes na reunião a presidente do Conselho Local Zenolia Melo, os caciques, Diógenes ferreira, Nailton Pataxó, Ilza Rodrigues, agentes de saúde, Enfermeiras, motoristas da SESAI, conselheiros, e membros da comunidade Indígena.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s